terça-feira, 22 de setembro de 2009

Camarões


Nunca compro camarões já cozinhados, não sei porque desconfio da sua frescura, mas a verdade é que também nunca compro sem serem congelados, por isso, admito é palermice, mas não há nada a fazer, sou um gajo com algumas convicções.
Não dá trabalho nenhum, e sei o que como (digo eu de mim para comigo).
Ponho ao lume uma panela com água, bastante sal, 2 mãos cheias e cascas de cebola. Deixo ferver, ponho lá os camarotes sem descongelar e quando borbulhar, conto 1 ou 2 minutos, depende do tamanho dos bicharoucos. Findo este tempo escorro e ponho-os imediatamente em água fria, muito fria mesmo, até acrescento gelo, água esta que também está bastante salgada. Isto serve para parar a cozedura.
Ficam de molho durante 15 minutos, seco-os bem com papel de cozinha, disponho-os numa travessa e rego-os com sumo de limão.
Fico com a ilusão que são muito melhores que os comprados já cozidos e fico feliz.
E já agora, não se esqueçam do vinho verde fresquinho!

2 comentários: