domingo, 23 de agosto de 2009

Diz que é uma espécie de jardineira!


Comprei um pedaço de carne para guisar, costumo fazer com esparguete, mas como tínhamos comido massa no dia anterior decidi fazer uma "espécie" de jardineira.
Na panela de pressão pus 2 tomates médios maduros sem pele nem sementes, 1 cebola cortada ás rodelas, 2 alhos picados, sal, azeite, um raminho de hortelã e a carne (o naco inteiro), cobri com água e deixei cozer durante 20 minutos depois do pipo começar a rodar.
Cortei cenouras ás rodelas, batatas aos cubos e como não tinha feijão verde decidi usar ervilhas.
Deixei tudo sossegado e pronto para mais tarde.
A 1 hora do jantar voltei outra vez à cozinha.
Tirei a carne da panela, cortei em cubos, voltei a pôr a panela ao lume e assim que começou a ferver juntei-lhe a carne, as batatas, cenouras e as ervilhas (usei congeladas), rectifiquei o sal e acrescentei um pouquinho de água, porque me parecia que a que lá estava não era suficiente.
Deixei cozer os legumes, tirei dois ou três pedaços de batata que desfiz grosseiramente com um garfo, juntei-as ao resto para engrossar o caldo e está o jantar feito.
Só vos digo ficou muito saborosa, mas na hora de lavar a loiça ainda me soube muito melhor.

1 comentário:

  1. Diz que é boa moça...diz que sim...parece que casa pa agosto.

    Pois tem bom aspecto, sim senhor, a jardineira ou lá o que ela é...

    Beijocas

    ResponderEliminar