segunda-feira, 5 de abril de 2010

Lulas grelhadas





Ele há dias! Não me apetecia fazer nenhum mas estava morta de fome, olhei tristemente para as lulas que eram para sair recheadas e pensei de mim pra comigo - - "és mesmo totó maridaglória, isto ainda dá trabalho e agora? Lulas... Quem se lembra de fazer lulas recheadas a meio da semana? Tás cada vez mais dahhhh... ainda podíamos disfarçar com uma caldeiradazita mas comemos à pouco tempo, era de peixe, mas vai dar ao mesmo... e feijoada? Não me apetece! Ora bolas, o que faço a esta treta????"
Fui fumar um cigarro a ver se me chegada a inspiração e passava a fome.
Continuei com fome, mas surgiu uma lâmpada no alto da cabeça e um sorriso assustador nos lábios... corri para a cozinha, puxei da chapa de grelhar e pus no bico do fogão, sem azeite nem nada, salguei as lulas que já estavam devidamente limpas e amanhadas e assim que apanhei a chapa quente zás atirei-as lá para cima sem dó nem piedade...
Fui à despensa, sorriso de orelha a orelha, tinha batatinhas novas. Oh sorte que não me abandonaste! Lavei-as bem e pu-las a cozer com a pele.
As lulas grelharam, as batatas cozeram.
Descasquei as batatas, salpiquei-as muito ligeiramente com paprica e sal fino, arrumei-as numa travessa e pus a lulas ao lado a descansar.
Derreti margarina para culinária (uso de soja sem colesterol) juntei-lhe sumo de 1 limão grande e reguei as lulas e as batatas com esta mistura.
Rápido, saudável e saboroso.
Ainda me perguntaram:
- Então mas não ias rechear as lulas?
- Eram muito pequeninas, não ficavam nada de jeito...

1 comentário:

  1. Eu que não gosto de lulas´até que fiquei tentada a experimentar

    ResponderEliminar